5 chás para diarreia: benefícios ao corpo

A diarreia é um problema causado por diversos fatores, afetando muitas pessoas o ano todo, e com o uso dos chás para diarreia, conseguimos aliviar bastante os sintomas e, chegar até a eliminação do problema. De modo geral, a diarreia acontece quando nosso corpo quer eliminar toxinas ou pequenas infecções que atingem nosso intestino, sendo assim, eliminando através das fezes.

Em muitos casos o tratamento é bem simples e em 2 dias a pessoa já está totalmente recuperada. Vale lembrar que, quando a diarreia vem associada a muitas dores abdominais, sangramentos e duração maiores que dois dias, um médico deve ser consultado imediatamente.

A seguir, falaremos um pouco sobre a importância dos chás para diarreia e como eles devem ser utilizados.

Chá de tormentila

Um chá pouco conhecido e que funciona muito bem no tratamento da diarreia. Suas propriedades auxiliam nas cólicas intestinais e na melhoria da diarreia. Vale lembrar que, para encontrar raízes de tormentila você pode ter dificuldades.

Ingredientes

  • 3 colheres de raízes de tormentila;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e acrescente as raízes;
  • Apague o fogo e tampe o recipiente;
  • Espere 5 minutos e coe.

Chá de hortelã

Um chá bastante conhecido e que ajuda bastante no equilíbrio intestinal, a hortelã diminui os espasmos e auxilia na eliminação dos gases. Além disso, em caso de infecções no intestino, o chá também é um grande aliado.

Ingredientes

  • 2 colheres de folhas de hortelã;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e acrescente as folhas de hortelã;
  • Apague o fogo e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos e coe.

Chá de canela

Por conter propriedades que causam a diminuição das contrações intestinais, o seu efeito antiespasmódicos auxiliam bastante nas diarreias. Está entre os mais procurados quando falamos em chás para diarreia. Muito simples de fazer, deve ser consumido durante 2 dias para fazer efeito.

Ingredientes

  • 1 pedaço de canela em pau;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e acrescente a canela;
  • Desligue o fogo e espere por 5 minutos;
  • Coe e beba em temperatura morna.

Chá de casca de laranja

Importante aliada na digestão, as cascas de laranja podem auxiliar a diminuição e voltar para a uniformidade do funcionamento do intestino. Seu chá deve ser feito com laranjas orgânicas e consumido no mesmo dia.

Ingredientes

  • Casca de 1 laranja;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água;
  • Introduza as cascas de laranja e tampe o recipiente, desligando o fogo em sequência;
  • Espere por 5 minutos e coe.

Chá de camomila

Com ação anti-inflamatória, consegue aliviar sintomas de dores e inchaços. Além disso, consegue repor o líquido perdido, hidratando e diminuindo as contrações intestinais.

Ingredientes

  • 2 colheres de camomila;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e acrescente a camomila;
  • Desligue o fogo e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos e coe.

Importância das plantas medicinais

Sabemos que as plantas medicinais conseguem exercer um importante papel em nossa saúde e nos auxiliar em diversos problemas. Em casos de diarreia, os chás para diarreia conseguem na maioria das vezes solucionar o problema, de maneira natural e sem a ingestão de medicamentos industrializados.

No mais, as plantas medicinais podem ser cultivadas em casa e preparadas diariamente com um consumo consciente.

Conheça também chás para descer menstruação.

Sintomas para procurar um médico

Caso a diarreia dure mais de 3 dias um médico deve ser procurado, pois o caso pode ser grave. Geralmente, as diarreias não duram por muito tempo e conseguem ser tratadas com a ingestão de chás e repouso. Vale a pena ficar atento e saber dos riscos que esse desconforto pode causar, podendo ser o alerta para infecções e inflamações. Lembre-se, os chás para diarreia são uma maneira auxiliar de tratamento.

5 chás para descer menstruação

Uma das grandes preocupações das mulheres, o atraso da menstruação ocorre ao menos uma vez no ano e gera muita dor de cabeça. Os chás para descer menstruação são bastante usados nesse caso, aliviando o estresse e resolvendo o problema.

Em muitos casos o atraso da menstruação é decorrente de estresse, diferente alimentação, ou até mesmo o início de problemas mais sérios, que devem ser relatados para um especialista. A seguir, falaremos um pouco sobre os chás para descer menstruação, todos eles bem fáceis e tranquilos de fazer.

Chá de orégano

Muito utilizado para estimular a menstruação, funciona como estimulante das contrações no útero e aumenta a circulação sanguínea na região. Sendo assim, favorece para a menstruação ocorrer. Muito fácil de ser feito e um dos preferidos entre os chás para descer menstruação.

Ingredientes

  • 1 colher de orégano;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água, desligue o fogo e introduza o orégano;
  • Tampe e espere por 10 minutos;
  • Coe e beba.

Conheça também chás para tosse.

Chá de arruda

Um chá bastante utilizado nessas ocasiões, mas que deve ser tomado com muito cuidado, pois contém propriedades abortivas. Em caso de suspeita de gravidez, o chá não é recomendado.

Ingredientes

  • 2 colheres de arruda;
  • 500 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e coloque a arruda;
  • Tampe o recipiente, desligue o fogo e espere por 5 minutos;
  • Coe e beba em temperatura morna.

Chá de canela

Responsável por aumentar o fluxo sanguíneo e as contrações no útero, é bastante eficaz para descer a menstruação. Seu modo de fazer é bastante simples e seu benefícios bastante explorados.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 1 pedaço de canela em pau.

Modo de fazer

  • Ferva a água e introduza a canela;
  • Espere 5 minutos com o fogo desligado;
  • Beba em temperatura ambiente.

Chá de angélica

Uma das plantas medicinais mais conhecidas em relação a chás para descer menstruação, o chá de angélica funciona como ação digestiva e favorece a motilidade uterina, auxiliando o fluxo menstrual ficar em equilíbrio.

Ingredientes

  • 10 gramas de raiz de angélica;
  • 300 ml de água.
  • Modo de fazer
  • Ferva a água, desligue o fogo e introduza as raízes;
  • Espere por 5 minutos;
  • Coe e beba em temperatura ambiente.

Chá de agoniada

Muito indicado na regulação do ciclo menstrual, também funciona para aliviar cólicas e estimular hormônios. Além desses benefícios, seu chá contém um efeito calmante que diminui a ansiedade e auxilia no fluxo menstrual. Ótimo chá para descer a menstruação!

Ingredientes

  • 5 gramas de flores de agoniada;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água e introduza as flores;
  • Desligue o fogo e tampe o recipiente;
  • Aguarde por 5 minutos e consuma.

Precauções e contraindicações

Em relação ao consumo de chás para descer a menstruação, devemos ficar atentos ao seu uso em excesso e ao consumo por pessoas que podem acarretar problemas. Quando há suspeita de gravidez, o uso desses chás não é recomendado, causando contrações no útero e podendo gerar um aborto ou má formação do bebê.

Em relação a idade, não é recomendado o uso para crianças e nem idosas, podendo alterar o fluxo sanguíneo e causar problemas de saúde.

Motivos para menstruação atrasar

Há diversos motivos para o atraso da menstruação, muitos deles são naturais e vão acontecer ao menos uma vez por ano. Os mais comuns são o estresse, alterações hormonais leves, consumo de bebidas e comidas diferentes, entre outras coisas. Porém, em casos de doenças como a síndrome do ovário policístico, a menstruação também irá ficar desregulada e um médico deve ser consultado.

Médico responsável

Em casos de desequilíbrio hormonal constante, com atrasos de menstruação, mudança de coloração e intensas cólicas, o melhor a se fazer é consultar com um ginecologista. Responsável por essa área, ele irá passar as melhores recomendações e investigar a possível causa.

Nunca você deve se auto medicar e não frequentar um especialista em casos de problemas. Sua saúde é bastante importante.

Chás para tosse: alívio e benefícios

A grande maioria das pessoas sofrem com a tosse ao menos uma vez ao ano, sabendo dos seus principais malefícios e o quão difícil é conviver com ela durante o período doente. Os chás para tosse agem de forma a combater os sintomas dessa doença, auxiliando no retorno da respiração normal, expectoração dos pulmões e descongestionamento do nariz.

Trazendo alívio e muitos benefícios, os chás para tosse devem ser bastante explorados, servindo como um tratamento auxiliar em casos mais graves, tudo sob recomendação médica.

Problemas relacionados com a tosse

Os problemas relacionados com a tosse vão desde pequenos mal-estar, até mesmo em situações mais graves, precisando a pessoa permanecer na cama, com fraquezas e dificuldades de respirar. As situações variam bastante e o combate o quanto antes da tosse pode auxiliar a melhorar os sintomas o quanto antes.

Caso as complicações não melhorem, os usos de medicamentos industrializados devem ser feitos juntamente com a recomendação médica.

Chás para tosse

Os chás para tosse estão presente em nosso cotidiano, consumidos quase que diariamente. Muito fácil de ser encontrados, esses chás contêm propriedades expectorantes, anti-inflamatórias e auxiliam bastante no descongestionamento do nariz e garganta. A seguir, falaremos um pouco sobre alguns e os métodos para fazer.

Chá de hortelã

Auxilia bastante na congestão nasal e pulmonar, sendo muito recomendado contra gripes e resfriados. Seu chá é muito simples de ser feito e bastante prático.

Ingredientes

  • Algumas folhas de hortelã;
  • 300 ml de água;

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo em seguida;
  • Introduza as folhas de hortelã, tampe o recipiente e espere por 5 minutos;
  • Coe e beba em temperatura ambiente.

Chá de gengibre

Excelente chá para prevenção de gripes e resfriados, com ação anti-inflamatória e antioxidante. Quando a pessoa já está com tosse, consegue diminuir seu volume e acelerar o tratamento.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • Alguns pedaços de gengibre.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água;
  • Introduza o gengibre e tampe o recipiente, desligando o fogo;
  • Espere por 10 minutos, coe e beba.

Conheça também sobre o chá de graviola.

Chá de urtiga

Com diversos benefícios ao corpo através do consumo de seu chá, consegue controlar os sintomas da tosse e eliminar grande parte do catarro. Tem uma importante função adstringente.

Ingredientes

  • 5 gramas de folhas de urtiga;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água, desligue o fogo e introduza as folhas de urtiga;
  • Coe e beba em temperatura ambiente.

Chá completo para tosse

Um chá bem completo para tosse, incluindo diversas plantas medicinais, pode ser feito com a utilização do gengibre, açafrão, chá verde, limão e o chá de tomilho. Bastante completo em relação a componentes e benefícios ao corpo humano, esse chá é muito recomendado para sintomas leves e médios de tosse.

Ingredientes

  • 1 colher de açafrão;
  • Meio limão espremido;
  • 1 colher de gengibre ralado;
  • 1 sachê de chá verde;
  • ½ colher de chá de tomilho.

Modo de fazer

  • Ferva 500 ml de água e desligue o fogo;
  • Introduza todos os ingredientes na água e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos e consuma.

Benefícios das plantas medicinais para a tosse

Os benefícios das plantas medicinais para o controle da tosse são conhecidos a muito tempo, sendo utilizado por povos nas antiguidades. Essas plantas, podem ser consumidas através de chás, óleos essenciais e com a inalação de seu vapor. Para cada caso, a recomendação é um tipo de planta, sendo bastante eficaz em diversos aspectos.

Além de tudo isso, o uso de plantas medicinais faz com que o tratamento seja natural, sem o uso de medicamentos industrializados, podendo causar efeitos colaterais e dependência.

Cuidados e atenção

Nunca utilize um chá para tosse quando não for recomendado por um especialista, sendo os remédios industrializados mais utilizados em casos graves em que o chá não causará tantas melhorias. O consumo dos chás deve ser feito de maneira consciente e com responsabilidade para evitar complicações ainda maiores no corpo.

Há casos em que, o chá caseiro para tosse pode favorecer bastante o tratamento, podendo acabar sozinho com os sintomas da tosse. Além disso, os tratamentos através dos chás para a tosse podem trazer outros benefícios ao corpo humano, através dos diversos componentes presentes em um único chá.

Chá de Graviola: benefícios ao corpo e como fazer

Um chá não muito conhecido, o chá de graviola contém diversos benefícios ao corpo humano que, se utilizado de maneira correta, pode auxiliar bastante em tratamentos contra a diabete, hipertensão e até mesmo insônia.

Bastante polêmica em relação ao tratamento contra o câncer, o chá de graviola deve ser consumido com responsabilidade e muito cuidados, pois seu uso em excesso pode acarretar uma série de problemas. A propriedade mais conhecida na graviola é a acetogenina, associada ao tratamento do câncer.

Benefícios do chá de graviola

Consumida com cautela e consciência, os benefícios do chá de graviola podem ser bem grandes, estando associados a diversos fatores. Em casos de diversas doenças, o chá pode auxiliar no controle.

Diminuição da insônia

Por conter propriedades calmantes e sedativas, auxilia em uma melhora da qualidade do sono e da diminuição do estresse.

Antioxidante

Por conter propriedades antioxidantes, é usada com a fruta in natura sob cabelo e pele do rosto, fortalecendo e auxiliando no combate ao envelhecimento.

Controle de diabetes

Auxilia o retardamento da entrada do açúcar no sangue, através de suas fibras.

Benefícios da graviola

Auxilia no controle do reumatismo

Melhorando sintomas de dor e inflamação, contém propriedades antirreumáticas que podem ser ótimas aliadas ao corpo humano.

Conheça também sobre o chá de arruda.

Como fazer chá de graviola

Para preparar o chá de graviola, o processo é bastante simples e rápido. Seu consumo é recomendado com o uso de 2 ou 3 xícaras por dia, não permanecendo o consumo por muitos dias seguidos. A seguir, falaremos em como fazer chá de graviola de uma maneira correta e que beneficia suas propriedades

Ingredientes

  • 10 gramas de folhas de graviola;
  • 500 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Acrescente as folhas e tampe o recipiente;
  • Espere por 10 minutos, coe e sirva em temperatura morna.

Chá de graviola ajuda no tratamento de câncer?

Essa é muita questão bastante discutida e procurada por muitos na internet, porém a resposta não é muito animadora. Depois de diversos estudos na área, os resultados em laboratórios foram espetaculares, porém não houve o mesmo sucesso no corpo humano.

Como ocorre, o processo de estudo ocorre primeiramente no laboratório e posteriormente, em animais e humanos. Sendo assim, na segunda etapa em animais a sua função contra as células cancerígenas não deu resultado.

Além disso, foi constatado que, regiões que consomem o chá de graviola com certa frequência, pode degenerar células nervosas, favorecendo o mal de Parkinson. Sendo assim, é recomendado apenas o consumo de maneira consciente e controlada.

Em casos de tratamento do câncer, evite consumir o chá pois pode prejudicar o organismo, prejudicando a quimioterapia.

Efeitos colaterais e cuidados

Não é recomendado o uso da planta medicinal para mulheres gestantes e crianças menores de 12 anos. Além disso, pessoas com hipertensão são recomendadas a evitar esse chá, pois seus efeitos podem interagir com os remédios e causar problemas.

No mais, o chá de graviola é tranquilo se consumido de maneira controlada e sob recomendação médica.

Chá de Arruda: benefícios e como fazer

Um chá bastante conhecido no Brasil, o chá de arruda é popularmente conhecido como o chá para “espantar as ás energias”, porém suas propriedades medicinais vão bem além dessas superstições. Com diversos benefícios e muita facilidade para fazer o chá, a arruda pode ser encontrada na maioria dos mercados e feiras.

Muito conhecida como abortiva, seu uso em excesso pode ocasionar hemorragias e grandes problemas, causando muitos medos em relação ao seu uso. Nessa publicação, falaremos sobre seus benefícios ao corpo humano.

Benefícios do chá de arruda

O chá de arruda contém diversos benefícios ao corpo humano, sendo bastante recomendado por especialistas. O consumo regularmente pode auxiliar em diversos problemas diários, e o melhor, tudo através de um produto natural. A seguir, falaremos um pouco sobre os benefícios do chá de arruda em nosso corpo.

Melhora na circulação sanguínea

Rica em flavonoide rutina, a planta consegue uma melhora na circulação sanguínea, favorecendo a permeabilidade dos vasos. Além disso, pode auxiliar no aumento da menstruação.

Eliminação de vermes intestinais

Com diversas pesquisas na área, foi comprovado que a arruda contém compostos em sua folha capazes de ter ação antifúngicas, auxiliando na saúde intestinal.

Antiespasmídico

Tem a capacidade de evitar espasmos no estômago e no intestino, por conter componentes como a rutamina, graveolina e a furoquinolina.

Conheça também sobre o chá de alfavaca.

Anti-inflamatório

Os efeitos anti-inflamatórios da arruda são excelentes pontos positivos para quem procura a planta. Com estudos em fase final na área, foi comparada com diversos anti-inflamatórios do mercado e seu efeito foi bem parecido.

Chá de arruda aborta em quanto tempo?

Uma questão bastante discutida em torno do chá de arruda é sobre seu poder abortivo. Porém, na maioria dos casos a arruda não causará aborto, porém quando ingerida em grandes quantidades por mulheres grávidas, pode causar contrações e sangramentos no útero, podendo acarretar em complicações.

Por esse fato, não é recomendado a ingestão do chá por mulheres grávidas.

Benefícios da arruda

Como fazer chá de arruda

O preparo do chá de arruda dá maneira correta deve ser feito através do método de infusão, utilizando suas folhas e flores saudáveis. De modo geral, é bem rápido e prático o preparo, necessitando apenas de uma planta saudável. A seguir, segue o passo a passo de como fazer chá de arruda.

Ingredientes

  • 4 gramas de folhas e flor de arruda;
  • 500 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 500 ml de água;
  • Desligue o fogo e introduza as folhas e flores;
  • Tampe o recipiente e espere por 10 minutos;
  • Coe e beba em temperatura ambiente.

Vale lembrar que, não recomendamos adoçar o chá com açúcar, podendo prejudicar seus nutrientes.

Funciona como herbicida natural

Um fato bastante curioso é que, a arruda está sendo estudada e com bons resultados em relação ao uso como herbicida natural. O herbicida funcional como um inibidor de crescimento de outras plantas, favorecendo uma única cultura desejada.

O fator de ser a arruda, a naturalidade do herbicida é bastante positiva, sem o uso de produtos tóxicos.

Efeitos colaterais

Em relação aos efeitos colaterais com o consumo do chá de arruda, não é recomendado o uso para mulheres grávidas. Nos demais casos, os efeitos são bem leves e não prejudiciais, porém com o exagero na bebida, pode ocorrer problemas estomacais, como ânsia, vômitos e diarreia.

Recomendamos o uso consciente e sob recomendação médica.

Chá de Alfavaca: benefícios e como fazer

O chá de alfavaca contém diversos benefícios bastante estudados atualmente. Além do uso de seu chá, é bastante utilizado na culinária e em bebidas de modo geral. Sua ação calmante e expectorante chama a atenção, sendo ótimo nesses quesitos e em outros, como a ajuda na ação diurética. Um ponto bastante importante e favorável do chá de alfavaca é que seus efeitos colaterais são quase inexistentes, se tomado da maneira correta.

Seu chá é feito através das folhas e muito fácil de ser encontrado em mercados e feiras. Seu óleo essencial também está presente com ótimos benefícios e utilizado até em massagens. Nessa publicação, falaremos um pouco desse interessante chá e todos os benefícios do chá de alfavaca.

Benefícios do chá de alfavaca

Os benefícios do chá de alfavaca são bastantes e incluem diversos segmentos. Ações calmantes e expectorantes são suas principais, além de seu uso para cicatrizes, entre outros. A seguir, falaremos alguns de seus benefícios e a importância de consumir esse chá regularmente.

Ação cicatrizante: possui propriedades cicatrizantes e antibacteriana, sendo excelente para recuperação de lesões.

Calmante: é bastante recomendado por sua ação calmante, diminuindo a insônia e favorecendo o combate ao estresse. É muito recomendado seu uso antes de dormir.

Fitoterapia no SUS: utilizada no SUS pelo seu grande grau de ácido rosmarínico (antioxidante poderoso) e por conta da sua ação antibacteriana.

Ação expectorante: o chá também serve para ação expectorante, auxiliando e gripes e resfriados.

Benefícios da Alfavaca

Como fazer chá de alfavaca

Para preparar o chá de alfavaca, é recomendado observar se a planta apresenta bom aspecto de saúde, com folhas firmes e verdes. Sendo assim, falaremos a seguir o passo a passo.

Ingredientes

  • 500 ml de água;
  • 2 colheres de folhas de alfavaca.

Modo de fazer

  • Ferva os 500 ml de água e desligue o fogo;
  • Acrescente as folhas de alfavaca e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos, coe e sirva.

Vale lembrar que, não recomendamos adoçar e a nossa sugestão é ingerir antes de dormir, aumentando o relaxamento e melhorando a qualidade do sono. Bem simples, como fazer chá de alfavaca é considerado bem rápido e prático.

Cuidados e contraindicações

Como todas as plantas medicinais, seu uso deve ser feito de maneira consciente e regulada. Evitar o uso em grandes porções e em crianças, podem trazer alguns efeitos colaterais.

Além disso, não é recomendado o uso do chá por pessoas que sofrem de hipertensão, podendo desregular o tratamento. Em caso de alergia ou desconforto após o consumo, interrompa imediatamente seu uso.

Como cultivar alfavaca

Para cultivar alfavaca em casa, a recomendação a seguir é ter um pequeno espaço de terra e sempre molhar o espaço. Na presença do sol, plantar sementes ou estacas da planta, seu crescimento é rápido e bem tranquilo, não precisando de maiores cuidados.

A alfavaca consegue se adequar bem aos locais e suas folhas para chá podem ser colhidas durante o ano todo.

Conheça também sobre chás para gordura no fígado.

Chá detox de alfavaca

Por conter uma propriedade diurética bastante ativa e auxiliar no emagrecimento, o chá de alfavaca é utilizado também como detox. Através do seu benefício diurético, conseguir eliminar a retenção de líquidos e favorecera desintoxicação.

Por possuir muitos nutrientes e trazer uma sensação de saciedade, a planta proporciona um menor consumo de alimentos durante um certo tempo. Excelente planta para acrescentar em seu chá detox, trazendo muitos benefícios. Vale lembrar que, acrescentando outras ervas e produtos, como a canela, sua bebida detox pode melhorar ainda mais.

Chás para gordura no fígado: benefícios ao corpo

Um dos problemas mais recorrentes entre os brasileiros e que vem aumentando a cada dia, é em relação aos problemas com a gordura no fígado. Uma alimentação desregulada, com grande quantidade de gordura, injeção de bebida alcoólica e falta de atividades físicas, podem favorecer diversos problemas ao corpo humano. Uma das maneiras alternativas de começar a tratar esse problema é através do consumo de chás para gordura no fígado.

Com diversos benefícios ao corpo humano, alinhar seu consumo juntamente com uma melhora na alimentação e na prática de atividades, podem favorecer e muito no seu bem-estar. Vale lembrar que, caso não faça tratamento, a gordura no fígado pode levar o paciente e a sérios problemas.

Tipos de gordura no fígado

Existem dois tipos claros de problemas com gordura no fígado, relacionados ao nosso organismo. Chamada também de esteatose hepática, existe seu tipo alcoólica e não alcóolica.

A esteatose hepática alcoólica é causada principalmente pelo consumo de álcool de maneira descontrolada. Já a esteatose hepática não alcoólica ocorre através de uma alimentação com muita gordura, altos níveis de glicose e falta de práticas de atividades física. Ambos os tipos causam complicações no corpo humano, favorecendo o surgimento de sintomas.

Chás para gordura no fígado

Os chás para gordura no fígado apresentam ótimos resultados para o corpo humano, auxiliando tratamentos e favorecendo uma melhor qualidade de vida. A seguir, listamos alguns importantes chás medicinais para o seu dia a dia.

Chá de cebola

Um chá pouco utilizado, mas que traz diversos benefícios ao corpo humano, o chá de cebola é importante no combate a infecções e nos níveis de colesterol no corpo, auxiliando no processo de diminuição de gordura, inclusive no fígado.

Ingredientes

  • 3 cebolas picadas;
  • 500 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e introduza a cebola picada;
  • Apague o fogo e espere por 5 minutos com o recipiente tampado;
  • Coe e sirva em temperatura morna.

Chá de alforva

Bastante estudado em relação aos benefícios para a gordura no fígado, o chá de alforva contém um aminoácido de nome 4-hidroxi-isoleucina, que consegue auxiliar no controle do colesterol, triglicerídeos e na glicose. Com isso, tem a capacidade de aliviar diversos sintomas ocasionados pela gordura no fígado, principalmente causados pela má alimentação.

Ingredientes

  • 20 gramas de alforva;
  • 500 ml de água.

Modo de fazer

  • Bata as sementes no liquidificador e acrescente em um recipiente com água fervida;
  • Tampe o recipiente, desligue o fogo e espere por 5 minutos;
  • Coe e beba em temperatura morna.

Chá de boldo

Por melhorar a secreção da bile, consegue amenizar diversos sintomas causados pela gordura no fígado. Entre os chás para gordura no fígado é um dos mais usados e recomendados.

Além disso, consegue alterar diversas células de gordura em nosso organismo, agindo como antioxidante.

Ingredientes

  • 1 colher de folhas de boldo;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Introduza o boldo e tampe o recipiente;
  • Coe e beba após isso.

Chá de hortelã-pimenta

Com propriedades capazes de estimular o fluxo biliar, consegue ajudar na redução de gordura no fígado. Além disso, tem papel importante na quebra de moléculas de gordura, reduzindo os níveis de colesterol.

Além desses benefícios, essa espécie de hortelã é capaz de auxiliar na digestão de modo geral.

Ingredientes

  • 2 colheres de folhas de hortelã-pimenta;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água;
  • Introduza a hortelã-pimenta na água quente e tampe o recipiente por 5 minutos;
  • Coe e beba em temperatura morna.

Chá de dente-de-leão

Um dos grandes chás para gordura no fígado, o dente-de-leão é considerado uma planta medicinal que é capaz de auxiliar bastante na redução de toxinas e gordura no fígado. Através disso, também auxilia nos níveis de colesterol em nosso corpo.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 1 colher de dente-de-leão.

Modo de fazer

  • Ferva a água e utilize o método da infusão;
  • Acrescente a planta e tampe o recipiente por 5 minutos;
  • Coe e beba.

Chá de casca de limão

Através da casca do limão, conseguimos produzir um chá que é rico em fibras alimentares, ajudando na saúde de nosso fígado. Com isso, conseguimos controlar melhor as toxinas presentes no nosso corpo.

Chamado de limoneno, o antioxidante presente no limão consegue auxiliar na diminuição de gordura no fígado e até mesmo melhorar casos de refluxo.

Ingredientes

  • Casca de 1 limão;
  • 500 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva 500 ml de água e desligue o fogo;
  • Introduza as cascas de limão e tampe o recipiente por 5 minutos;
  • Após isso, coe e beba em temperatura morna.

Dicas para reduzir gordura no fígado

Como sabemos, não existe cura para a gordura no fígado e sim apenas métodos que auxiliam na qualidade de vida e na melhoria do bem-estar. Além disso, o consumo de bebidas alcoólicas é um dos maiores vilões.

A prática de atividades físicas, dietas balanceadas e redução nas taxas de glicose e colesterol são essenciais. Além de auxiliar na gordura do fígado, esse tipo de melhora nas práticas do dia a dia aumenta sua qualidade de vida em geral.

Conheça também sobre chás para ansiedade.

Médico responsável por gordura no fígado

Para quem procura recomendação e tratamento médico, deve procurar por um médico hepatologista, que é especializado em fígado. Através dele, os cuidados podem ser recomendados de uma maneira mais eficaz e responsável.

Recomendações de dietas

As dietas recomendadas para quem tem gordura no fígado estão baseadas em frutas, legumes e verduras. Evitar o consumo de carboidrato também é fundamental, como arroz, pão, entre outros. As saladas devem fazer parte de todas as refeições.

Em relação a refrigerantes e bebidas alcoólica, deve-se evitar o uso. O consumo de água deve ser feito com no mínimo 2 litros diários. Sendo assim, aumentando o consumo de frutas, legumes e verduras, a tendência é você diminuir seu peso e aumentar sua qualidade na alimentação, favorecendo os benefícios ao corpo.

Prática de exercícios físicos

Cuidados e contraindicações

Os chás para gordura no fígado são excelentes tratamentos para aliviar sobrecargas no órgão, porém, existem casos que o tratamento com chás medicinais não terá uma resposta satisfatória. Em casos de maior gravidade, um especialista deve ser comunicado e um tratamento com remédios industrializados deve ser feito.

Em relação aos cuidados com os chás, deve-se evitar a ingestão de maneira descontrolada e sempre se conscientizar a respeito do seu uso. Os efeitos colaterais são poucos, por isso basta um estudo em relação ao chá e fazer seu consumo seguindo as especificações.

Chás para ansiedade e seus benefícios

Os chás para ansiedade são cada vez mais recomendados por especialistas, que buscam maneiras alternativas de tratar um problema que atinge grande parte da população. A ansiedade é um problema rotineiro que atinge diariamente milhares de pessoas, causada por um descontrole emocional, estresse e preocupação.

Tentar tratar esse problema é uma das alternativas mais recomendadas, ao invés de tentar viver com ele, prejudicando seu dia a dia e seus compromissos. Geralmente, a ansiedade acontece antes de algum encontro, alguma reunião, alguma prova, entre outras coisas, sendo necessária uma dose de tranquilidade e conforto para essas pessoas. Os chás para a ansiedade conseguem resolver muitas complicações a esse respeito e falaremos um pouco mais sobre eles.

Chá de erva cidreira

Com uma ação calmante bastante forte, consegue ajudar a minimizar efeitos da insônia e da ansiedade. Além do chá de erva cidreira, é bastante utilizado seu óleo essencial, que também consegue conservar suas propriedades.

Tomar uma xícara antes de dormir pode ajudar bastante a minimizar problemas durante o dia.

Ingredientes

  • 5 gramas de erva cidreira
  • 300 ml de água

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Introduza as folhas de erva cidreira com o fogo desligado e tampe o recipiente;
  • Aguarde por 5 minutos e coe o chá.

Chá de camomila

Um dos mais conhecidos chás para a ansiedade, o chá de camomila ajuda bastante no corpo humano, diminuindo a hiperatividade, a ansiedade e o estresse. Com sua ação bastante relaxante, consegue proporcionar melhor bem-estar e qualidade de vida ao usuário.

Com o alívio do estresse e da insônia, proporciona melhoras significativas na ansiedade.

Ingredientes

  • 2 colheres de camomila;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água e desligue o fogo;
  • Introduza a camomila e espere por 5 minutos com o recipiente tampado;
  • Coe e beba em temperatura morna.

Chá de tília

Com excelentes propriedades que auxiliam no relaxamento e na ação calmante, pode melhorar o controle do estresse, da ansiedade e nos distúrbios de personalidade. Sua ação calmante é a mais procurada quando buscam por esse chá.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 1 colhe de tília.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo, acrescentando a tília ao recipiente;
  • Mantenha o recipiente tampado por 5 minutos e coe;
  • Consuma 3 vezes ao dia na temperatura morna.

Chá de alfazema

Com estudos relacionados na área de controle da ansiedade e da agitação, essa planta medicinal é bastante consumida por quem sofre desses problemas. Além disso, consegue melhorar a qualidade do sono, reduzir o estresse e até mesmo, combater a depressão. Recomendamos consumir antes de dormir.

Ingredientes

  • 50 gramas das flores de alfazema;
  • 500 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e adicione as alfazemas em sequência;
  • Tampe o recipiente e espere por 5 minutos;
  • Após isso, coe e consuma.

Benefícios das plantas medicinais

Sempre ao lado do ser humano, as plantas medicinais estão presentes em medicamentos e tratamentos há muitos anos, favorecendo o tratamento caseiro de diversas doenças. Em relação a ansiedade, os chás com propriedades calmantes e relaxantes fazem sucesso e conseguem solucionar bem o problema. Entre tantos outros, os chás para a ansiedade são bem fáceis de serem encontrados e comprados em mercado ou feiras.

Conheça também sobre os chás para dor de garganta.

Precauções ao consumir chás para ansiedade

Os chás para ansiedade devem ser consumidos de maneira consciente e sem excesso. Em muitos casos, apenas o consumo do chá pode resolver grandes problemas, porém, em situações mais críticas, o uso do medicamento industrializado é recomendado, juntamente com a consulta médica.

Além disso, em caso de ingestão dos chás e aparecimento de alergias ou mal-estar, é recomendado procurar um médico e interromper o consumo imediatamente. Vale lembrar que, as plantas medicinais podem agir de diferentes maneiras em nossos corpos, auxiliando em diferentes graus.

Chás para dor de garganta e suas importâncias

As dores de garganta são bem comuns em determinadas pessoas, que possuem uma imunidade mais baixa e uma frequência de inflamações bem maiores que outras. Buscar chás para dor de garganta é uma excelente ideia para quem busca uma melhor qualidade de vida e produtos inteiramente naturais.

A maioria dos chás recomendados possuem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, contribuindo para a diminuição da dor e alívio dos sintomas. Há casos em que, leves dores de garganta se agravam e prejudicam bastante a saúde da pessoa. Além disso, o uso de chás para dor de garganta evita o consumo de medicamentos industrializados, com diversos efeitos colaterais.

Chá de hortelã com mel

Uma das bebidas mais recomendadas quando pensamos em chás para dor de garganta, é o chá de hortelã com a adição de mel. A hortelã contém uma propriedade chamada mentol, que é um ótimo auxiliar para sintomas de resfriados e dores de garganta.

Prepara a bebida com a adição de mel é um excelente modo de melhorar seu gosto e adquirir as propriedades do mel, que incluem relaxamento e aumento do sistema imunológico.

Ingredientes

  • 1 colher de mel;
  • Algumas folhas de hortelã;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e introduza a hortelã posteriormente;
  • Desligue o fogo e espere por 5 minutos com o recipiente tampado;
  • Coe e adicione o mel.

Chá de gengibre

Por ser excelente no quesito de combate a bactérias, o chá de gengibre é bastante recomendado no controle das dores de garganta. Com ação também anti-inflamatória, consegue amenizar as dores e aliviar o inchaço. É bem simples de ser feito e por ser tomado diariamente.

Ingredientes

  • Alguns pedaços de gengibre;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água e introduza o gengibre;
  • Desligue o fogo e aguarde por 5 minutos;
  • Coe e beba.

Chás para dor de garganta: chá de alho

Com ótimos componentes que diminuem e retardam o processo inflamatório, o chá de alho por ser utilizado em dores de garganta. Também é recomendado o gargarejo com o líquido, melhorando ainda mais seus efeitos.

Sua ação anti-inflamatória auxilia em todo o processo e pode ser recomendada quando o caso ainda é leve ou médio.

Ingredientes

  • 2 dentes de alho amassado;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água e desligue o fogo;
  • Introduza os 2 dentes de alhos amassados e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos, coe e sirva.

Chá de eucalipto

O chá de eucalipto desempenha uma ótima função anti-inflamatória e auxiliar de imunidade, melhorando a saúde de modo geral. Em caso de dores de garganta, um dos chás para dor de garganta com grandes recomendações é o de eucalipto.

Seus benefícios podem ser sentidos através do alívio da dor e melhora constante dos sintomas.

Ingredientes

  • Folhas de eucalipto;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água e desligue o fogo;
  • Adicione as folhas de eucalipto e tampe o recipiente;
  • Aguarde por 5 minutos, coe e consuma.

Chá de camomila

Com ótima ação analgésica, a camomila auxilia bastante no tratamento de dores de garganta, conseguindo trazer alívio e uma melhor sensação para a pessoa. Além disso, há propriedades no chá que podem combater as bactérias presentes na inflamação, auxiliando ainda mais.

Ingredientes

  • 2 colheres de camomila;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo posteriormente;
  • Introduza a camomila e espere por 5 minutos com o recipiente tampado;
  • Coe e beba em temperatura morna.

Benefícios das plantas medicinais

Sabemos que, consumir chás feitos de plantas medicinais é uma ótima escolha quando você visa preservar sua saúde. Essas plantas medicinais, por muitas vezes, conseguem substituir longos tratamentos e auxiliar diversos problemas de saúde, como a dor de garganta.

Veja também chás para dor de barriga.

Conhecer os benefícios dos mais diversos chás e reconhecer suas propriedades é um passo importante para saber utilizá-los. Recomendamos sempre uma procura bem rígida para saber sobre os métodos de como utilizar e os efeitos dos chás que utilizamos rotineiramente. Os benefícios dos chás para dor de garganta são grandes!

Cuidados e efeitos colaterais

De modo geral, os chás feitos de plantas medicinais não contêm muitos efeitos colaterais se consumidos de maneira correta e controlada. Alertamos apenas que, nunca se deve substituir os remédios recomendados por médicos, pelos chás.

Há casos em que, a doença ou as complicações são mais graves e, é necessário um remédio tradicional para melhorar os sintomas. Fique sempre atento e siga as orientações médicas em todos os casos.

Chás para dor de barriga e seus benefícios

Com muita facilidade para ser encontrado, os chás para dor de barriga são excelentes remédios caseiros que auxiliam em diversos aspectos no corpo. As dores de barriga são bem comuns na população e podem acontecer por diversos motivos.

Comidas gordurosas, má digestão, cólicas, entre outras coisas, podem acarretar dores de barriga e algumas outras complicações. Para ajudar, esses chás têm baixos efeitos colaterais e em sua grande maioria, funcionam muito bem, substituindo fortes remédios industrializados. A seguir, falaremos um pouco sobre os chás para dor de barriga e seus principais benefícios.

Chá de boldo

Uma ótima planta medicinal que pode trazer diversos benefícios ao corpo humano. Os benefícios associados a diminuição das dores de barriga são por conta da produção da bile pelo fígado, ativado pelo consumo do chá.

Isso auxilia melhorando a digestão e diminuindo possíveis cólicas. Melhorando a digestão, esse é um dos melhores chás para dor de barriga.

Ingredientes

  • 500 ml de água;
  • Folhas de boldo.

Modo de fazer

  • Ferva 500 ml de água e introduza as folhas de boldo;
  • Apague o fogo e deixe o recipiente tampado por 5 minutos;
  • Coe e sirva na temperatura morna.

Chá de hortelã

Por possuir propriedades que auxiliam no fluxo da bile e no relaxamento dos músculos do estômago, após consumir o chá de hortelã, a tendência é uma melhora significativa nas dores. Tem ótimos benefícios em relação a infecções e inflamações também.

Ingredientes

  • 500 ml de água;
  • 1 xícara de chá de folhas verdes de hortelã.

Modo de fazer

  • Ferva a água e introduza as folhas de hortelã;
  • Apague o fogo e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos e coe.

Conheça também sobre chás para dor de cabeça.

Chá de erva-cidreira

Um chá bastante conhecido e muito fácil de ser feito, contém propriedades que conseguem amenizar dores na região da barriga. Por conseguir relaxar os tecidos, facilita a eliminação de gases causadores de dores de barriga, combate as cólicas e diminui a ansiedade que pode justificar muitos problemas. Um dos mais consumidos entra os chás para dor de barriga.

Ingredientes

  • 5 gramas de folhas;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e introduza as folhas posteriormente;
  • Apague o fogo e tampe o recipiente por 5 minutos;
  • Coe e beba na temperatura morna.

Chá de camomila com erva-doce

Com propriedades bem fortes em relação a calmantes e propriedades digestivas, é um ótimo auxiliador quando pensamos em chás para dor de barriga. É bastante utilizado após as refeições.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 1 colher de erva-doce;
  • 1 colher de camomila.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água e desligue o fogo;
  • Introduza a camomila e a erva-doce no recipiente e tampa;
  • Aguarde por 5 minutos e coe.

Chá de gengibre

Bastante utilizado para problemas de indigestão e redução de enjoo, o chá de gengibre contém propriedades que podem auxiliar nas dores de barriga e em desconfortos. Além das dores de barriga, consegue controlar bem as gastrites, combatendo a bactéria H. pylori.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • Alguns pedaços de gengibre.

Como fazer

  • Ferva os 300 ml de água;
  • Apague o fogo e introduza os pedaços de gengibre;
  • Tampe o recipiente e aguarde por 5 minutos;
  • Coe e beba em temperatura morna.

Benefícios dos chás para dor de barriga

Além de ser um remédio natural, esses chás contêm poucos efeitos colaterais e contraindicações, servindo para diversos casos e para muitas pessoas. Além de trazer muitos benefícios, o consumo de chás é saudável e com pouca industrialização.

Vale lembrar que, nunca se deve substituir um remédio recomendado por especialista, por um chá de uma planta medicinal. O tratamento deve servir como auxiliar e complementar.