Erva Doce

Chá de erva doce: benefícios e como preparar

Um chá bastante conhecido pelos brasileiros, com efeitos bem comprovados em relação as cólicas e gases, o chá de erva doce é muito fácil de ser feito e muito recomendado por especialistas. Essa planta medicinal pode chegar até 50 centímetros de altura e sua adaptação no solo é bastante tranquila.

Com diversos usos, além do chá, a erva doce é utilizada em cosméticos, óleos essenciais, receitas de bolo e em diversas farmácias de manipulação. Nessa publicação, falaremos um pouco sobre os benefícios do chá de erva doce e como preparar um da maneira correta.

Benefícios do chá de erva doce

Como já é de conhecimento de muitos, a erva doce é muito benéfica ao corpo humano, com diversos estudos comprovados na área. Um dos seus principais componentes é o ácido málico, que ajuda bastante nas funções do estômago.

Podemos citar também os flavonoides, também presentes na erva doce e que ajudam em relação ao nível de glutationa, umas das nossas principais defesas antioxidantes. No geral, o chá de erva doce consegue fornecer inúmeros benefícios ao corpo humano, citaremos a seguir algumas ajudas.

Redução dos gases

Com o componente anetol presente na erva doce, o chá traz esse benefício ao corpo humano. Com a redução das flatulências, esse componente ajuda na digestão, diminuindo os incômodos.

Melhora nas funções digestivas

Através do ácido málico, ocorre o fornecimento do hidrogênio para a acidificação do estômago. O ácido no estômago é bastante importante para diversos componentes, sendo importante sua manutenção.

Conheça também sobre o Chá mate.

Diminuição de inchaços e cólicas

Por conter um efeito diurético e calmante, consegue diminuir as cólicas intestinas e também as relacionadas a menstruação. A ajuda diurética do chá de erva doce ajuda na diminuição de diversos inchaços.

Como fazer chá de erva doce

Para preparar um chá de erva doce corretamente, a erva doce deve estar saudável e o método utilizado deve ser a infusão. A seguir, falaremos um pouco dos ingredientes e o modo de preparo.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 1 colher de erva doce seca.

Modo de fazer

Ferva os 300 ml de água e desligue o fogo imediatamente. Após isso, introduza a erva doce e tampe o recipiente. Esperando por cerca de 10 minutos, coe o chá e espere ele ficar em temperatura morna. Também sabemos que a erva doce pode ser utilizada em bolos e outros alimentos, devido ao seu ótimo sabor.

Benefícios do chá de erva doce

Óleo essencial de erva doce

Uma vantagem do uso da erva doce, seu óleo essencial é bastante utilizado em diversos tratamento e muito fácil de ser encontrado em lojas de produtos naturais.

Um dos seus principais usos é em relação a regulação dos hormônios femininos e diminuição dos sintomas da menopausa, como as normais ondas de calor. Ainda consegue ajudar na diminuição das cólicas.

É utilizado também como relaxante muscular em massagens e como auxiliar no combate à gripe, sendo inalado o ar que sai juntamente com um pouco de água fervente.

Efeitos colaterais e contraindicações

Os efeitos colaterais causados pela ingestão do chá de erva doce são baixos, eles ocorrem na maioria dos casos por ingestão acima do recomendado. Quando consumido em grande quantidade, pode ocasionar náuseas e vômitos, porém em quantidade adequadas é bastante tranquilo.

Um ponto a destacar é a atenção para mulheres que fazem tratamento para câncer de mama, pois o chá pode alterar os hormônios e influenciar o tratamento. O mesmo ocorre para quem precisar fazer suplementação com ferro, o chá pode interferir na absorção do nutriente.

Concluindo, um uso consciente e com recomendação médica é bastante benéfico ao corpo humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *