Chá de Canela: como fazer e seus benefícios

Um dos chás mais conhecidos pela população e muito simples de ser feito, o chá de canela contém diversas propriedades benéficas para o corpo humano. A canela é uma especiaria asiática e a parte aproveitada é a da parte interna da casca.

Com um sabor e aroma bastante característico, é utilizada também em doces, pratos de diversos países e não apenas para o chá. Nessa publicação mostraremos como fazer chá de canela e seus diversos benefícios para nós que consumimos.

Vale lembrar que, antes de consumir qualquer chá, consulte um médico para evitar futuros problemas indesejados.

Chá de Canela

Benefícios do chá de canela

A seguir, listaremos diversos benefícios que o chá de canela e a própria canela pura pode causar no corpo humano. Os benefícios se baseiam em estudos e compõem uma grande lista de vantagens para consumir essa especiaria.

Conheça também sobre o Chá de Erva Cidreira.

Desconfortos menstruais

Para mulheres que convivem quase todo mês com desconfortos menstruais, cólicas, dores de cabeça, entre outros sintomas, foi provado que ao consumir diariamente pequenas doses de canela, ocorre uma diminuição das cólicas menstruais.

Vale a pena consultar um médico ou nutricionista e realizar esse tratamento.

Combate a fungos e bactérias

Por conter o cinaaldeído, um dos principais ativos da canela, essa especiaria pode combater diversos tipos de infecções no corpo humano. Além disso, seu óleo já foi testado e comprovado em diversas infecções respiratórias

Prevenção de doenças neurodegenerativas

Doenças como o Alzheimer e o Parkinson são normalmente associadas a pessoas mais idosas, consideradas doenças neurodegenerativas. Existe uma propriedade na canela que é capaz de inibir e bloquear uma proteína que está associada a doença de Alzheimer, quando encontrada em excesso.

Além disso, pesquisas em animais como ratos, mostram resultados satisfatórios em relação aos níveis de neurotransmissores encontrados e uma melhora na saúde mental.

Diminuição do açúcar no sangue

Uma ação bastante importante da canela está relacionada a quantidade de glicose absorvida na corrente sanguínea após uma refeição, ajudando na resistência a insulina.

Isso acontece através do retardamento da decomposição dos carboidratos no trato digestivo. Há testes que mostram a diminuição de 10 a 30% dos níveis de açúcar no sangue em jejum.

Risco de doenças cardíacas

Com pesquisas comprovadas, a canela consegue reduzir os níveis de colesterol LDL, triglicerídeos e do colesterol total, sendo um grande aliado nessa causa.

Para pessoas que convivem com diabetes do tipo 2, o consumo diário da canela se torna bastante recomendado. Sendo assim, a combinação desses diversos fatores podem ajudar bastante no combate a doenças cardíacas.

Aceleração do metabolismo

Existe um composto na canela chamado cinamaldeído, que é responsável pela grande maioria dos efeitos da canela, podendo acelerar o metabolismo e auxiliar na redução de peso.

Antioxidantes

Um dos ótimos benefícios do chá de canela é a respeito da proteção contra os radicais livres que podem ocasionar esses danos oxidativos ao nosso corpo. A canela, de acordo com pesquisas, foi uma das especiarias com maior teor de antioxidantes do mercado, superando diversos outros alimentos.

Os polifenóis são os mais comuns na canela.

Como fazer chá de canela

A melhor maneira para preparar o chá de canela é a partir do processo chamado infusão. Quando você ferve a água com a canela em pó ou em pau junto, pode haver perca de propriedades da erva.

Evite também deixar seu chá armazenado por muito tempo, beba assim que preparar e em quantidades recomendadas. A seguir, falaremos da forma mais simples e correta de fazer chá de canela.

Ingredientes:

  • Aproximadamente 300 ml de água;
  • 20 gramas de canela em pó ou pequenas pedaços em pau.

Como fazer:

  • Ferva os 300 ml de água e transfira para uma xícara;
  • Acrescente a canela em pó ou em pau na xícara e tampe;
  • Após 10 minutos, misture e beba em temperatura morna;
  • Evite adoçar.
Benefícios do Chá de Canela

Chá de canela e o ciclo menstrual

Um dos assuntos mais comentados em relação ao chá de canela, é sobre o ciclo menstrual. Há muita informação a respeito dos benefícios do chá de canela em relação a ciclo menstruais irregulares.

No momento, não há nenhuma evidencia ou prova que realmente ajuda a normalização da menstruação, sendo o mais recomendado a consulta com um ginecologista. Além disso, o seu consumo de maneira irregular ou em excesso, pode atrapalhar no funcionamento do fígado.

Porém, as propriedades do chá de canela auxiliam nos diversos incômodos causados pela menstruação, como dor de cabeça e as famosas cólicas menstruais.

Esse alivio acontece por conta que, o chá consegue reduzir os níveis de prostaglandinas no nosso corpo e aumentar os níveis de endorfina. Isso auxilia na circulação do sanguínea e na melhora dos efeitos colaterais da menstruação.

Contraindicações e cuidados

Existem diversas contraindicações em relação ao uso do chá de canela, por isso é bastante importante o seu uso consciente e sem exagero. A seguir, citaremos alguns casos que seu uso deve ser feito com cuidado.

Mulheres gestantes

A dica para mulheres gestantes é evitar o consumo do chá de canela, pois seu uso pode aumentar os riscos de contrações na região o útero, podendo ser um fator de risco para a gravidez.

Problemas no fígado e rins

Com o consumo em excesso, a cumarina (substância presente na canela) pode afetar o funcionamento desses órgãos.

Pessoas que fazem uso de medicação controlada

Para as pessoas que fazem o uso de medicação controlada todos os dias, a canela pode interferir nos remédios, como a aspirina e os anticoagulantes, através do seu composto chamado cumarina.

Chá de canela é abortivo?

Mesmo sendo considerada por grande parte da população como um chá abortivo, não há pesquisas que comprovam sua veracidade. O que sabemos é que, o consumo desse chá por gestantes pode acarretar problemas na gestação, devido as contrações na região do útero. Além disso, por auxiliar na descida da menstruação, pode ser um perigo para gravidez que está no início ou em gestações de risco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *