Dicas para saúde mental na quarentena

O momento ao qual estamos tendo a infelicidade de passar é um momento de muita tristeza. A pandemia do Coronavírus não tem matado apenas pessoas com a doença em si, mas tem acarretado problemas e confusões mentais na cabeça das pessoas, causando ansiedade, síndromes e diversos outros problemas graves. Porém, se você está com problemas semelhantes a estes, você deve, com toda a certeza, continuar lendo esse artigo.

Aqui, você poderá ver diversas dicas importantes que poderão te ajudar a ficar mais calmo e que ajudarão você a manter uma boa saúde mental na quarentena. Então, se você quer acompanhar essas dicas, é só continuar lendo o artigo.

Saiba como cuidar da saúde mental durante a quarentena

Você sabia que é possível manter a sua saúde mental na quarentena, mesmo em meio dessa crise? Pois saiba que é possível sim, e você pode aprender algumas dicas de como continuar mantendo a sua boa saúde mental na quarentena em dias, para que você não perca o equilíbrio e não acabe isso tudo com problemas graves.

Mesmo com o isolamento social e sem poder ter contato pessoal com as pessoas que você gosta, não fique triste e não se desespere, não pense no mal que pode acontecer com as pessoas que você ama, siga as dicas a seguir e veja as dicas que separamos para você.

1. Evite bombardeio e o excesso de informações ruins na quarentena

Durante esse período, evite passar o dia todo obtendo informações sobre a pandemia, se desligue um pouco da televisão, ou tire um pouco do seu tempo livre para se distrair e assistir filmes, séries e outros programas que não seja o noticiário, pelo menos não o dia todo, para que você não fique com a sua mente focada apenas nessas informações ruins. Você também não deve verificar todas as notícias que aparecem nas redes sociais, para não acabar confiando em fake news.

É exatamente esse excesso de informações que pode causar ansiedades, depressão e diversos outros tipos de problemas na mente.

2. Faça a sua própria rotina

Também é bastante importante, que você crie a sua própria rotina e tenha sempre alguma atividade para realizar nas suas horas vagas. Separe bem os horários e crie uma rotina bem organizada. Estipule um horário para acordar, comece seu dia com um café quentinho e prossiga com as suas atividades. 

Todo dia, ao ter um tempinho livre, você pode separar atividades como assistir filmes ou séries, praticar exercícios físicos, cozinhar e criar diversos pratos saborosos, dentre diversos outros tipos de atividades que podem ser desenvolvidas em casa, ocupando a sua mente e não te fazendo lembrar dessa crise horrível.

3. É possível que você possa fazer terapia online durante a quarentena

Hoje, muitos são os profissionais que tem ajudado as pessoas com problemas da mente, como depressão ou ansiedade, entre outros. Logo, se você está precisando de uma ajuda, ou até mesmo está precisando conversar, pois está se sentindo sozinho, você pode utilizar as terapias online.

Essa é verdadeiramente uma ótima opção para quem está precisando de ajuda, mas que não quer sair de casa.

4. Utilize a tecnologia e as redes sociais para se aproximar das pessoas

As redes sociais podem, muitas das vezes, se tornar algo que nos afasta das pessoas, em determinados momentos e que também podem fazer com que você acabe recebendo muitas notícias ruins e que podem ser fake news (notícias falsas). Porém, se olharmos por outro lado, durante esse período de crise do coronavírus, e por muitas pessoas estarem isoladas e sozinhas nesse momento, as redes sociais podem nos ajudar a nos aproximarmos mais.

Isso porque, você pode utilizar as video chamadas, aplicativos de conversas, como o WhatsApp, Messenger e outros e conversar com quem está longe de você, como os seus familiares e conhecer novas pessoas, podendo se aproximar mais apenas por conversas. 

Essas conversas remotas, tanto podem te ajudar a ocupar a mente, quanto também podem ajudar a pessoa que está do outro lado, precisando de conselhos e conforto, até mesmo por ter perdido algum ente querido ou outros casos.

5. Você pode utilizar o seu tempo livre durante a quarentena para praticar as atividades que você gosta

As atividades, tanto físicas como não, podem ajudar você a ocupar a sua mente durante a quarentena. 

Os exercícios físicos podem ser praticados em casa, onde você pode criar os seus próprios aparelhos de treino. Além disso, você ainda pode realizar atividades como cozinhar e criar receitas novas, além de poder também, fazer artesanato com coisas que você tem em casa e não utiliza mais. Também é possível que você tire um tempinho para assistir filmes ou até mesmo, maratonar uma série, entre diversos outros tipos de atividades.

6. Pratique meditação

Praticar meditação, e mas se você está sozinho em casa ou apenas com o seu companheiro, família, tanto faz, é muito bom. Isso porque, você vai focar somente em coisas boas e irá conseguir manter o seu equilíbrio mental. Você também pode participar de salas de vídeo direcionadas a isso ou fazer sozinho, como você preferir.

Então, separe um ambiente que você acha o mais tranquilo aí na sua casa, e coloque a meditação em prática e na sua rotina.

Por que a prática da empatia é tão importante em meio à pandemia de coronavírus na qual estamos vivendo?

Ver o que o outro está sentindo, não querer pra si o que deseja aos outros e principalmente, ter a consciência de não colocar a vida de outras pessoas em risco é empatia. A empatia é importante, juntamente a conscientização, para que esse vírus não se espalhe ainda mais. Tenha amor por você e tenha amor pelo outro.

Você deve ter a certeza de que não está sozinho

Não pense que você está só, pois você não está. Mesmo estando cumprindo esse isolamento social, não pense que você está abandonada, pois não é disso que se trata. Saiba que as pessoas ao seu redor também estão passando o mesmo que você e aquelas que não estão cumprindo o isolamento social estão correndo um grande risco. Então, mantenha contato com a sua família e esteja sempre em contato com quem você ama.

Artigo produzido pela equipe do kotaazul.com.br

Água de berinjela: benefícios e como fazer

Muito utilizada na cozinha do brasileiro, a berinjela é rica em componentes benéficos ao corpo humano, trazendo diversos benefícios, tanto com seu preparo convencional ou através da água de berinjela. Sabemos que esse alimento é composto, em sua grande maioria, por água, sendo uma excelente opção preparar um líquido com a água de berinjela para consumir ao longo do dia.

Seus benefícios podem incluir diminuição da gordura no sangue ou até mesmo prevenção de alguns cânceres. Nessa publicação falaremos um pouco a respeito desse alimento e sobre os principais benefícios da água de berinjela.

Benefícios da água de berinjela

Com muitos estudos científicos na área e com comprovações, os benefícios da água de berinjela ganham fama a cada dia que passa, se tornando um grande aliado da saúde de milhares de brasileiros. Fique conosco, a seguir falaremos alguns benefícios desse potente alimento.

Diminuição do colesterol ruim

Com estudos comprovados de sua eficiência, a água de berinjela consegue reduzir os níveis de colesterol ruim no sangue, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares e gorduras no sangue.

Vale lembrar que, as doenças cardiovasculares são as que mais matam no mundo todo, sendo interessante buscar prevenção o quanto antes. Os estudos nesse assunto avançam a cada ano, ajudando quem sofre desse problema.

Conheça também sobre o chá de folha de abacate.

Controle das diabetes

Bastante ligado com a alimentação da pessoa, fazer o controle do consumo de açúcar durante o dia é fundamental. As diabetes podem acarretar muitos problemas ao corpo humano, tudo sendo causado pela quantidade elevada de glicose no sangue.

Nesse caso, a água de berinjela atua como um retardador na absorção de glicose pelo sangue, ajudando no controle da glicemia. Isso ocorre porque o alimento possui uma grande quantidade de fibras, que exerce excelente função nesse meio.

Prevenção de câncer

Por possuir antioxidantes, favorece o controle do desgaste e problemas nas células do corpo, ajudando em doenças como o Alzheimer.

Água de berinjela para emagrecer

Por conter baixa caloria, seu consumo não acarreta em aumento de peso e é considerado um excelente aliado para o emagrecimento. Evidente que, com práticas de atividades físicas e alimentação balanceada, o processo fica bem mais tranquilo.

Porém, é bastante recomendada o seu consumo por trazer uma sensação de saciedade, sendo um alimento bastante funcional. Então, para quem procura a água de berinjela para emagrecer, tem boas notícias!

Água de berinjela para emagrecer

Como fazer água de berinjela

Para preparar a água com berinjela, o procedimento é bem simples e necessita apenas de uma berinjela inteira. A seguir, falaremos o passo a passo de como preparar da melhor maneira.

  • Lave bem a berinjela, eliminando possíveis resíduos;
  • Fatia a berinjela em rodelas finas;
  • Preencha uma jarra com água e introduza as fatias de berinjela;
  • Deixe na geladeira por 12 horas, após isso podendo consumir.

Lembramos que, não se deve consumir de maneira exagerada, podendo causar complicações e desregular o intestino.

Água de berinjela com limão

Para quem prefere acrescentar limão na água de berinjela, o gosto fica bastante agradável e mais tranquilo para tomar. O procedimento é o mesmo do preparado da maneira simples, porém com o limão, devemos acrescentar o suco de um limão inteiro na jarra.

O armazenamento é o mesmo e evite consumir após ter passado 2 dias.

Cuidados e contraindicações

Alertamos quem faz o consumo da água de berinjela em relação a quantidade consumida. Caso haja um exagero, o intestino pode ficar desregulado e as funções do corpo podem sofrer alterações. Recomendamos sempre o acompanhamento de um especialista em casos de problemas e dúvidas.

Além disso, um ponto bastante importante para levar em consideração, é em relação a lavagem da berinjela antes de consumi-la. É fundamental uma lavagem caprichada, de preferência com bicarbonato de sódio.

Chá de folha de abacate: benefícios e como fazer

Não tão conhecido como planta medicinal, o chá de folha de abacate é recomendado para diversos problemas de saúde, sendo um excelente tratamento alternativo para diversos casos. Bem fácil de ser encontrado, as folhas do abacateiro podem ser utilizadas de maneira fresca, ou compradas em lojas em formato seco.

Nessa publicação, falaremos melhor dos benefícios do chá de folha de abacate para o nosso corpo e sobre suas principais propriedades. Além disso, lembramos que esse chá deve ser utilizado como um tratamento auxiliar em caso de doenças, nunca de maneira exclusiva.

Benefícios do chá de folha de abacate

Com diversas propriedades e benefícios para o corpo humano, esse chá tem excelente função para os órgãos do sistema urinário e excelente auxiliar no tratamento do envelhecimento. Além de ser muito fácil de preparar, o chá de folha de abacate contém um sabor aceitável e um preço bem baixo.

Melhora na pele

Excelente auxiliar no rejuvenescimento da pele, o chá de folha de abacate contém fenóis e flavonoides, excelentes antioxidantes e anti-inflamatórios. Ao realizar o consumo, essas substâncias irão combater os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento.

Vale lembrar que, o envelhecimento é algo inevitável e natural, porém com a cultura de práticas saudáveis e atividades físicas, ele pode ser retardado e de forma mais suave.

Conheça também sobre o chá de mulungu.

Prevenção de pedras nos rins

Por possuir efeitos diuréticos, a prevenção de pedras nos rins é um dos principais fatores para consumir esse chá. Com a estimulação do aparelho urinário, previne diversos cálculos renais. Essas pedras nos rins geralmente são formadas nos canais urinários ou nos rins, com o acumulo de cálcio ou ácido úrico. Com o aumento do fluxo urinário, ocorre a eliminação dessas substâncias em excesso.

Lembramos que, para isso ocorrer de maneira satisfatória, devemos consumir no mínimo 2 litros de água por dia, dependendo do seu peso. Com isso, todo o processo pode ocorrer de maneira segura e saudável.

Infecção urinária

O chá de folha de abacate contém propriedades anti-inflamatórias que previnem diversas infecções urinárias, auxiliando no seu funcionamento e estimulando seu uso. Há também substâncias antibacterianas que previnem diversas doenças relacionadas ao sistema urinário, porém não podemos tratar esse chá como remédio principal.

Caso já haja algum problema ou infecção, o tratamento com um especialista deve ser procurado, evitando agravamentos da situação.

Chá de folha de abacate emagrece?

Muitas perguntas em torno do possível emagrecimento que o chá de folha de abacate pode proporcionar. Não há estudo de nenhum componente específico que comprove a eficiência, porém sabemos do seu poder diurético. Com sua ação diurética, ajuda na eliminação do inchaço e da retenção de líquidos, favorecendo a perca de peso.

Sendo assim, o consumo consciente desse chá pode trazer benefícios em relação a isso, sempre combinado com uma dieta balanceada.

Benefícios do chá de folha de abacate

Como fazer o chá de folha de abacate

Para preparar o chá de folha de abacate de maneira correta, deve-se utilizar o método da infusão. Lembramos que, recomendamos sempre buscar folhas saudáveis e bem verdes, aumentando a eficiência das propriedades dos chás. A seguir, falaremos um passo a passo do processo, muito simples.

Ingredientes

  • 500 ml de água;
  • 1 colher de sopa de folhas frescas.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Introduza as folhas e tampe o recipiente por 10 minutos;
  • Após os 10 minutos, coe o chá e consuma em temperatura ambiente.

Contraindicações

O chá é expressamente proibido para gestantes e lactantes, podendo influenciar de maneira negativa na produção do leite materno. Além disso, a recomendação é para um uso consciente, com um consumo máximo de 2 xícaras ao dia.

Além disso, não se deve substituir qualquer tratamento recomendado por um especialista por esse chá, sendo ele utilizado como tratamento auxiliar e preventivo.

Chá de mulungu: como fazer e seus benefícios

Para falar um pouco do chá de mulungu, não podemos começar citando outra coisa a não ser seu forte poder relaxante. Com ótimos resultados em relação a isso, o chá ganha mercado a cada ano que passa, trazendo excelentes resultados para o corpo humano.

Ingerir algumas xícaras de chá de mulungu durante o dia pode trazer diversos benefícios, auxiliando principalmente na ansiedade. Nessa publicação falaremos um pouco dele e o jeito correto de preparar seu chá.

Benefícios do chá de mulungu

Como sabemos, esse é um dos chás com maiores propriedades relaxantes que existe. Com diversos outros benefícios para o corpo humano, o chá de mulungu ganha mais fama a cada dia, sendo muito fácil de ser preparado.

A seguir, falaremos sobre alguns de seus benefícios e a importância de algumas xícaras por dia.

Melhoras nos problemas emocionais

Para quem sofre com problema emocionais como depressão e isolamento, o chá de mulungu contém propriedades antidepressivas e tranquilizantes, causando tranquilidade na pessoa e melhorando a auto estima. Para quem sofre com distúrbios de personalidade, o chá é bastante recomendado.

Combate a ansiedade e insônia

Muito conhecida por suas propriedades calmantes, o chá de mulungu é bastante recomendado para quem sofre de insônia e ansiedade. Suas propriedades causam relaxamento e auxiliam no estresse do dia a dia. Uma xícara por dia já surte bastante efeito positivo.

Auxilia na diminuição do inchaço

Contém função diurética, contribuindo para a diminuição do inchaço e da retenção de líquidos. Ressaltamos que, seu uso deve ser controlado, pois em exagero, pode acarretar problemas em relação a grande eliminação de líquidos do corpo.

Esse alívio do inchaço ocorre através do aumento da urina diária.

Auxilia no tratamento do tabagismo

Bastante conhecido por quem está tentando parar de fumar, o chá de mulungu auxilia bastante nesse processo. Isso acontece por conta de um dos seus compostos, a erisodina.

Conheça também sobre o chá de salsa.

Ela consegue inibir os receptores de nicotina no cérebro, auxiliando na retirada do cigarro da vida da pessoa.

Como fazer chá de mulungu

Para preparar corretamente o chá de mulungu, você deve ter cascas saudáveis. Em relação ao preparo, é bastante simples e falaremos dele a seguir.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 2 colheres de sopa de casca de mulungu.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Introduza a casca de mulungu e tampe o recipiente;
  • Espere esfriar por 10 minutos, ocorrendo o processo da infusão;
  • Coe e beba em temperatura ambiente.

Lembramos que, não é recomendado adoçar o chá com açúcar, dê sempre preferência para o mel.

Contraindicações e cuidados

Por ter um efeito bastante forte em relação ao relaxamento, consumir o chá em excesso pode atrapalhar nas suas atividades cotidianas. Sempre recomendamos consumir no máximo 3 xícaras ao dia, evitando diversos problemas.

Há também contraindicação para quem faz o uso de medicamentos anti-hipertensivos, pois pode provocar um abaixamento da pressão arterial e acarretar problemas no tratamento. Sempre consulte um especialista caso apareça efeitos colaterais ou indisposições.

Chá de salsa: para que serve e como fazer

Muito utilizada como tempero na cozinha, a salsa também oferece excelentes propriedades em seu chá, tornando o chá de salsa um excelente diurético e aliado dos rins. Com muitos outros benefícios, como a grande quantidade de vitamina C, a salsa está bastante presente na mesa do brasileiro.

Nessa publicação falaremos um pouco dos benefícios do chá de salsa e como preparar um da maneira correta. Lembramos que, sempre que for preparar seu chá, busque encontrar folhas saudáveis.

Benefícios do chá de salsa

Com diversos benefícios ao organismo, o simples chá de salsa contém excelentes propriedades que podem ser absorvidas pelo corpo. A seguir falaremos um pouco sobre elas e a importância de consumir o chá regularmente.

Auxilia o funcionamento dos rins

Como contém ação diurética, auxilia no funcionamento dos rins e na eliminação de diversas toxinas. Consegue diminuir ou até mesmo eliminar infecções urinárias e conservar a saúde desses órgãos. Vale ressaltar que, seu consumo em excesso pode causar problemas.

Melhora a imunidade

Contém alta concentrações de vitaminas C e diversas outras, auxiliam na melhoria da imunidade. Com o aumento da imunidade, é capaz de prevenir resfriados e gripes. Muito recomendado para pessoas de mais idade.

Melhora no mau hálito

Por conter propriedades antibacterianas, é bem comum encontrar cremes bocais nesse sabor. Sendo assim, o chá de salsinha é bastante recomendado para melhora do hálito e para gargarejo.

Auxiliar na digestão

Por diminuir a acidez do estômago, prevenindo a má digestão, é ótima para estimular o bom funcionamento de todo o aparelho digestivo. Além disso, seus grandes teores de antioxidantes auxiliam bastante no processo.

Redução do inchaço

Sua ação diurética auxilia na eliminação de água e outros líquidos corporais, diminuição a sensação de inchaço e ganho de peso.

Conheça também sobre o chá de carqueja.

Como fazer chá de salsa

Para preparar o chá de salsa corretamente, deve-se utilizar o método da infusão no preparo. Após ter em mãos folhas de salsa saudáveis e verdes, o processo de preparo pode começar.

Ingredientes

  • 20 gramas de salsa;
  • 300ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Acrescente as folhas de salsa e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos, coe e consuma em temperatura ambiente.

Chá de salsa com limão

Outra opção bastante procurada em relação ao consumo de salsa, é a realização do seu chá com o acréscimo de limão. O chá de salsa com limão é bastante conhecido e consegue aumentar ainda mais suas propriedades, com o acréscimo do limão, para melhorar ainda mais o gosto da bebida.

Ingredientes

  • 500ml de água;
  • 4 ramos de salsa;
  • Suco de limão;

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Acrescente o suco de limão e a salsa;
  • Tampe o recipiente, espere por 5 minutos e coe;
  • Evite usar adoçante ou açúcar.

Chá de salsa emagrece?

Um papel bastante interessante no chá de salsa é sobre o fator diurético. Por conter esse poder diurético, faz com que a pessoa elimine bastante água, dando uma falsa sensação de perca de peso. Sendo assim, acontece uma constante eliminação de impurezas e toxinas do organismo, ajudando bastante na saúde.

Porém, o alerta é sobre seu uso em excesso. Com o uso descontrolado, esse chá pode sobrecarregar os rins e causar problemas. Sempre faça a ingestão com controle e sob recomendação.

Contraindicações com chá de salsa

Uma das contraindicações mais faladas a respeito da salsa, é para mulheres grávidas. O seu consumo pode causar contrações uterinas e prejudicar a gravidez, podendo causa até aborto.

Sendo assim é necessário evitar o consumo do chá ou em forma de tempero também. Outro ponto importante, é em relação a pessoas alérgicas ao alimento, tendo que interromper a ingestão imediatamente.

Chá de carqueja: benefícios e como fazer

Um chá pouco conhecido, mas que contem bastante benefícios, o chá de carqueja traz ótimos benefícios ao corpo humano, quando feito de maneira correta. O processo de infusão no preparo do chá conserva seus nutrientes e auxilia no seu sabor.

Seus componentes são bem conhecidos em pesquisas e o consumo da carqueja é bastante recomendado por profissionais. Além do chá, a carqueja é utilizada como tempero natural.

Vale lembrar que, um consumo controlado e sob recomendação médica dessa erva medicinal pode trazer excelentes benefícios ao corpo humano, podendo melhorar diversos sintomas de doenças.

Benefícios do chá de carqueja

Bem fácil de ser feito e encontrado em mercado e feiras, o chá de carqueja é muito utilizado na medicina popular, com excelentes benefícios. Um dos seus pontos mais positivos é em relação a melhora do fígado e até mesmo a ajudar na perca de peso.

A seguir, listaremos diversos benefícios do chá e como ele pode ser utilizado como tratamento auxiliar em nossas vidas.

Aliado do fígado

Excelente chá para o fígado, o componente chamado quercetina auxilia na regeneração das células e impede as degradações das mesmas. Esses flavonoides presentes no chá são os principais componentes da erva, contendo diferentes benefícios ao corpo humano.

Anti-hipertensivo

Importante nessa questão, o chá de carqueja auxilia no cuidado do endotélio, que é responsável por proteger a região interna dos vasos sanguíneos. Sendo assim, consegue auxiliar na hipertensão e serve como um tratamento auxiliar.

Tratamento de resfriados

Utilizada bastante para tratar tosses, gripes e pequenos resfriados, seu chá a base de infusão é bastante recomendado nesses casos, por conter ação antimicrobiana. Além disso, melhora toda o sistema imunológico.

Melhora a diabetes

Com o auxílio de reduzir a absorção de carboidratos durante a alimentação, ajuda no controle das diabetes no corpo.

Efeito diurético

Auxilia bastante na eliminação de líquidos que causam inchaço corporal, através da presença dos flavonoides. Sendo assim, é bastante recomendado para doenças nos rins e para a perca de peso.

Conheça também sobre o chá de folha de goiabeira.

Chá de carqueja emagrece?

Uma pergunta bastante feita em relação ao chá de carqueja é sobre seu potencial de emagrecimento. Sabemos, através de estudos que, a carqueja ajuda bastante na diminuição do apetite e é recomendada sempre antes das refeições, auxiliando no controle da fome.

Além disso, por ter um potencial diurético, ajuda na eliminação de líquidos e toxinas que podem trazer a sensação de inchaço na pessoa, acarretando aumento de peso. Outro ponto a destacar é sobre a presença de flavonas na planta, são elas capazes de acelerar o metabolismo e auxiliar na perca de peso.

Vale lembrar que, o consumo do chá de carqueja deve ser aliado a uma boa alimentação e a prática de exercícios físicos.

Como fazer chá de carqueja

Para preparar o chá de carqueja de maneira natural e correta, deve-se utilizar folhas de carqueja saudáveis e utilizar o método da infusão. A seguir falaremos detalhes de como fazer:

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 2 colheres de folha de carqueja.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Introduza as folhas de carqueja e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos e consuma em temperatura morna.

Contraindicações e cuidados

O chá de carqueja não é recomendado para mulheres gestantes pois pode aumentar os riscos em relação a abortos. Outro fato para ficar atento é em relação aos hipertensos e o uso do chá, podendo interferir nos remédios controlados e ocasionar complicações.

Sempre procure um médico quando surgir alguma dúvida ou problema.

Chá de folha de goiabeira: benefícios e como fazer

Pouco conhecido, o chá de folha de goiabeira é um chá que é feito através das folhas do pé de goiaba, excelente tratamento para diversos problemas no corpo, sendo bastante útil no dia a dia. A fama dos benefícios do fruto as vezes esconde as diversas propriedades de suas folhas, ricas em componentes fundamentais ao corpo.

Nessa publicação, falaremos um pouco sobre seus benefícios e o modo de fazer corretamente esse chá. Vale lembrar que, consultar um médico antes de seu consumo é fundamental.

Benefícios do chá de folha de goiabeira

Por ser um chá natural e com diversas propriedades, os benefícios do chá de folha de goiabeira são diversos, desde tratamento capilar até em ajuda no controle de açúcar no sangue. Sendo assim, consumir esse chá é uma maneira bastante eficaz de melhorar sua qualidade de vida e prevenir diversos problemas.

Controla níveis de açúcar no sangue

Comprovado em pesquisas, o chá de folha de goiabeira é bastante eficiente no controle dos níveis de glicose na corrente sanguínea. Sua ajuda pode ser comprovada através do impedimento da absorção do corpo em relação a sacarose e a maltose, vilões que aumentam a açúcar no sangue.

Sendo assim, é bastante recomendado para quem sofre com diabetes.

Melhora a saúde do coração

Associado com a diminuição do colesterol ruim, aumento do colesterol bom e diminuição dos níveis de pressão arterial, o chá de folha de goiabeira é bastante positivo nesse sentido. Rico também em potássio e fibras, melhora a qualidade de vida de modo geral.

Alívio de cólicas

Fazer o consumo controlado do chá de folha de goiabeira pode auxiliar bastante no controle das dores de cólicas menstruais, sendo apontado por estudos. Com seu poder analgésico, é responsável por melhorias significativas nesse sentido.

Conheça também sobre chás para diabetes.

Excelente para a pele

Excelente produto para a pele, com propriedades antimicrobianas e anti-inflamatórias, o consumo desse chá pode auxiliar na melhoria da pele e na revitalização da mesma. Além disso, auxilia no controle do envelhecimento precoce.

Melhora infecções na garganta

Bastante utilizada para tratamento de infecções na garganta e gengiva, as propriedades anti-inflamatórias das folhas de goiabeira são bem efetivas e conseguem diminuir bastante as dores. Ajudam na saúde bocal e nos tratamentos de infecções em amígdalas.

Como fazer o chá de folha de goiabeira

Para o preparo correto do chá de folha de goiabeira, recomendamos escolher folhas saudáveis e colhidas diretamente do pé. A seguir passaremos o passo a passo da receita.

Ingredientes

  • 300ml de água;
  • 1 colher de folhas picadas.

Modo de fazer

  • Ferva a água e desligue o fogo;
  • Introduza as folhas e tampe o recipiente por 5 minutos;
  • Coe e consuma sem adicionar açúcar.

Chá de folha de goiabeira para o cabelo

Um dos benefícios mais conhecidos do chá de folha de goiabeira é a respeito das suas ótimas propriedades no cabelo. Um banho com esse chá pode trazer muitos benefícios aos fios de cabelo, como estimulação do crescimento capilar, melhora no aspecto dos fios, combate a queda de cabelo, entre outras coisas.

O chá para o cabelo deve ser aplicado na raiz e por todos os fios, sendo deixado por 1 hora, para fazer efeito. Após isso, lavar com água morna ou fria. Recomendamos lavar o cabelo com esse chá ao menos 2 vezes na semana.

Precauções e cuidados

Como precauções e cuidados em relação ao consumo do chá, enfatizamos seu consumo controlado e sob orientação médica. Além disso, quem sofre com problemas intestinais e com prisão de ventre, deve fazer um consumo bastante controlado do chá, podendo agravar esses problemas.

Chás para diabetes: benefícios e como funcionam

Uma das doenças que mais atingem a população de maneira grave, o controle da diabetes pode ser feito através dos chás para diabetes e uma alimentação saudável durante todo o tratamento. Sabemos que, a diabete não tem cura e precisa de um acompanhamento médico gradual e efetivo.

Além de remédios controlados, atividades físicas e alimentação balanceada, o consumo de chás para diabetes é bastante recomendado na medicina, podendo ser um excelente tratamento auxiliar nos casos. Nessa publicação falaremos a respeito de alguns deles e suas principais importâncias.

Tipos de diabetes

Basicamente, existem dois tipos principais de diabetes que afetam a população. Uma delas pode ser genética e a outra, desenvolvida durante seu ciclo de vida.

A diabete desenvolvida durante a vida é o tipo mais tranquilo para se tratar, pois ainda é possível a produção de um pouco de insulina por parte do paciente. Esse tipo de diabetes é o tipo 2.

Já o diabetes tipo 1 são os casos mais graves, já adquiridos no nascimento, através da genética. O tratamento com um profissional desde o início e uma rotina saudável, tanto na alimentação como em práticas esportivas é fundamental.

Os chás ajudam a diminuir o diabetes?

Além de manter uma boa alimentação, principalmente com muito controle sobre os carboidratos, açúcares e gorduras, os chás para diabetes têm papel importante no cuidado com a doença. Muito recomendado por especialistas, os chás muitas vezes servem como um tratamento auxiliar da doença.

Outro ponto importante para informar é que, a prática de atividades físicas se torna fundamental no controle da doença.

Recomendações médicas e fatores de risco

Relacionado as recomendações médicas sobre o uso de chás para o controle de diabetes, vale ressaltar que, quando a doença se encontra em um nível mais leve e tranquilo, o uso de chás é bastante indicado, sendo possível até pedir recomendações médicas.

Porém, em casos mais graves a consulta do médico deve ser feita e o consumo de remédios controlados deve iniciar. Além disso, as pessoas que estão mais no grupo de risco para desenvolver essa doença são: sedentários, obesos, estressados, hipertensos e fumantes.

Diabetes

Chás para diabetes

A seguir, falaremos sobre alguns chás e suas principais funções no nosso organismo, auxiliando nos tratamentos e no nosso bem-estar.

Conheça também sobre o chá de funcho.

Chá verde

Ótimo chá para o controle de açúcar no sangue, ele consegue atuar no retardamento da conversão do amido. Sendo assim, é muito recomendado para quem sofre com diabetes. Muito fácil de preparar, é recomendado tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

Ingredientes

  • Folhas de chá verde;
  • 300 ml de água.

Como fazer

  • Ferva a água e introduza as folhas, apagando posteriormente o fogo;
  • Acontecendo o processo de infusão, com o recipiente tampado, espere por 5 minutos;
  • Coe e consuma.

Chá de carqueja

Auxiliar em diversas doenças, a carqueja está entre um dos chás para diabetes mais eficientes. Como atua no fígado, protegendo e auxiliando no seu funcionamento, ajuda indiretamente no controle no controle da diabetes, pois é o fígado o responsável pelas taxas de glicoses.

Ingredientes

  • Folhas de carqueja picadas;
  • 300 ml de água.

Como fazer

  • Ferva a água e introduza as folhas de carqueja;
  • Apague o fogo e coe depois de esperar por 5 minutos;
  • Consuma até 3 xícaras ao dia.

Chá de canela

Auxiliar bastante importante no controle dos níveis de açúcar no sangue, a canela quando consumida em forma de chá é bastante eficaz. Seu componente hidroxi-metil-chalcona é fundamental nesse processo.

Ingredientes

  • 2 paus de canela;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e acrescente a canela;
  • Apague o fogo e espere por 10 minutos;
  • Coe e consuma algumas vezes ao dia.

Chá de pata-de-vaca

Contendo uma proteína que atua semelhante a insulina no corpo, é considerado um dos melhores chás para diabetes no mercado. Excelente remédio natural.

Ingredientes

  • Folhas picadas de pata de vaca;
  • 300ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e acrescente as folhas;
  • Apague o fogo e espere por 5 minutos com o recipiente tampado;
  • Coe e consuma.

Chá de sálvia

Eficiente no controle da glicemia no sangue, é excelente para o controle de diabetes. Recomenda-se tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

Ingredientes

  • 2 colheres de sálvia;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva a água e introduza a sálvia;
  • Apague o fogo e espere por 10 minutos, tampando o recipiente;
  • Coe e consuma.

Contraindicações e cuidados

Sabemos que, diversos chás podem conter efeitos colaterais e causar algum tipo de alergia em diversas pessoas. Sempre recomendamos o consumo de maneira controlada, evitando o excesso, e sempre, com recomendação médica.

Chá de funcho: benefícios e como fazer

Conhecido também como erva-doce, o chá de funcho é rico em propriedades no combate a distúrbios intestinais e na melhoria da digestão. Muito utilizado e fácil de fazer, ganhou amantes pelo mundo todo, sendo muito recomendado consumir após as refeições.

Nessa publicação falaremos um pouco sobre seus benefícios ao corpo humano e como fazer chá de funcho, da maneira correta, através da infusão. No mais, encontrado em diversos mercados e feiras, o funcho também é utilizado na culinária e em farmácias de manipulação.

Benefícios do chá de funcho

Os benefícios do chá de funcho são bastante explorados por quem consome essa planta medicinal e seus resultados são bastante positivos. A seguir, falaremos um pouco de cada benefício e a importância de ingerir esse chá regularmente.

Vale lembrar que, o consumo de chás medicinais não implica na substituição dos medicamentos industrializados, sendo os chás apenas um tratamento auxiliar e complementar.

Anti-inflamatório

Um dos bons benefícios do chá de funcho é em relação a diminuição de inflamações na garganta, articulações e melhora no muco dos aparelhos respiratórios.

Conheça também o chá de guaco.

Desintoxicação

Auxilia na diminuição da retenção de líquidos no corpo, auxiliando de maneira direta para a perca de peso. Através do aumento do metabolismo, elimina toxinas e água do corpo.

Diminui o mau hálito

Com propriedades antibacterianas, ajuda a combater a cárie e fungos na boca, auxiliando na manutenção de um bom hálito. É bastante utilizado o gargarejo com uma solução de funcho.

Aliviar cólicas

Utilizado por mulheres no período antes e durante a menstruação, consegue diminuir os sintomas das cólicas, como dores no estômago e gases.

Diminuição de inchaço

Bastante eficaz na liberação de gases, auxilia no relaxamento dos músculos intestinais, trazendo melhorias em relação a dores estomacais e inchaços.

Como fazer chá de funcho

O preparo do chá de funcho pode ser feito através de suas sementes ou de suas folhas verdes. A preparação é bem rápida e fácil. A seguir falaremos o passo a passo para preparação.

Ingredientes

  • 300 ml de água;
  • 1 colher de sementes ou 10 gramas de folhas verdes de funcho.

Modo de fazer

  • Ferva a água e introduza as folhas ou as sementes;
  • Desligue o fogo e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos, coe e consuma.

Chá de funcho para bebês

Excelente remédio caseiro para aliviar a cólica de bebês, o chá de funcho é utilizado por muitas mães no Brasil. É recomendado para bebês que já não fazem o consumo do leite diretamente do peito da mãe.

Recomendamos dar de 2 a 3 colheres de chá de funcho ao dia para bebês que sofrem de cólicas, mas claro, consulte um médico antecipadamente para ele auxiliar da melhor maneira.

Em casos de sintomas mais graves e complicações, pare o tratamento e consulte um especialista para averiguar melhor a situação.

Cuidados e precauções

Os cuidados em relação ao consumo do chá de funcho são basicamente sob seu consumo em excesso e, com pacientes que sofrem de hipertireoidismo. No mais, o consumo regular e de maneira correta, não acarreta maiores problemas.

Em caso de intoxicações e alergias, pare com o consumo imediatamente e consulte um especialista.

Chá de guaco: benefícios e como fazer

Muito utilizado no controle da tosse e de problemas respiratórios, o chá de guaco é bastante famoso nessa área e possui ótimos benefícios aos usuários. Por ser facilmente encontrada, o chá é bastante recomendado para tratamentos caseiros e sintomas leves respiratórios. A planta do guaco é bastante parecida com uma trepadeira e pode atingir até 3 metros de altura.

No mais, nessa publicação falaremos um ponto de seus inúmeros benefícios ao corpo humano e como fazer o chá de guaco da maneira correta. Fique com a gente e confira essa ótima bebida para o corpo humano.

Benefícios do chá de guaco

Os benefícios do chá de guaco estão bastante relacionados aos problemas respiratórios e a melhoria de doenças como tosse e resfriados. A lista a seguir de benefícios é fundamentada em propriedades da planta e suas principais ações no corpo humano.

Alívio da tosse

Muito utilizada nessa função de melhorar a tosse, as propriedades expectorantes e antiasmáticas do guaco conseguem melhorar os sintomas da tosse e aliviar os diversos sintomas provocados por ela.

Com o consumo do chá, a tendência é que a melhoria do corpo seja mais rápida.

Trata bronquite

O chá de guaco possui propriedades broncodilatadoras, auxiliando no relaxamento dos músculos bronquiais e melhorando a respiração. Sua melhora é bastante significativa e seu chá age com bastante intensidade nesse caso.

A bronquite é uma doença que causa a inflamação das passagens de ar para o pulmão, prejudicando a respiração e contribuindo para a falta de ar.

Melhora o inchaço

Por conter propriedades sudoríficas, auxilia no processo de transpiração, aumentando a eliminação de líquidos do corpo, muitas vezes retidos por má alimentação e pouca prática de atividades físicas. Esse líquido retiro consegue se transformar no famoso inchaço corporal.

Conheça também chás para diarreia.

Melhora nos problemas respiratórios

De modo geral, os benefícios do chá de guaco são bastante eficazes contra os problemas respiratórios, com ação broncodilatadoras, antiasmáticas, entre outras. Sendo assim, consegue beneficiar o corpo humano de diversas maneiras nesse sentido, até com o tratamento de outras doenças que envolvam respiração e pulmões, como a pleurisia.

Como fazer chá de guaco

Para o preparo do chá de guaco é necessário colher suas folhas, observando se elas estão com um bom aspecto. O chá é feito de maneira rápida e bem prática, falaremos a seguir o passo a passo.

Ingredientes

  • 6 folhas de guaco;
  • 300 ml de água.

Modo de fazer

  • Ferva os 300 ml de água e desligue o fogo;
  • Acrescente as folhas de guaco e tampe o recipiente;
  • Espere por 5 minutos, coe e consuma.

Vale lembrar que, não recomendamos adoçar o chá com açúcar, diminuindo seus benefícios.

Cuidados e contraindicações

Os cuidados relacionados ao consumo de chá de guaco são bem simples, porém devem ser seguidos. Evite o chá para crianças menores de 1 ano de idade, pessoas que fazem consumo de medicamentos anticoagulantes e que sofrem com problemas de hipertensão. O chá pode prejudicar e agravar esses problemas.

Outro ponto bastante importante é que, a cumarina, propriedade presente no guaco, pode causar falta de ar em quem tem alergia da mesma, sendo necessário parar o consumo imediatamente.

No mais, as recomendações ficam por conta de um consumo consciente e sem exageros.